A tentativa do Google de criar uma plataforma para TVs – Google TV – nunca deu muito certo, e pelo jeito ela se prepara para ser encerrada. Ou ao menos mudar de nome: o Google estaria falando com seus parceiros para chamar a plataforma de Android TV, segundo o GigaOM.

O Google ainda não oficializou a mudança da marca, mas alguns dispositivos anunciados recentemente esconderam o fato de usarem o Google TV. Mês massado, a Sony apresentou o Bravia TV stick, um adaptador que transforma qualquer aparelho em smart TV. Ele roda o Google TV, mas isso não foi mencionado pela japonesa, que disse apenas que o dispositivo “leva todo o poder dos serviços Google para a sua TV.”

A história do Google TV é um pouco conturbada. A plataforma foi lançada há três anos com uma versão adaptada do Android 3.2 Honeycomb. Mas o fato é que ela nunca decolou – foram lançados diversos aparelhos rodando a plataforma, mas ela não caiu no gosto do público como o Google planejava. Aos poucos, o Google TV foi sendo deixado de lado. Atualização para a versão 4.2 do Android foi anunciada, mas até agora não foi entregue.

O Chromecast, lançado em julho, parecia ter selado o fim do Google TV: em vez de um sistema confuso com um controle com mais de 200 botões, um simples stick ligado à entrada HDMI transforma a sua TV em uma central multimídia conectada à internet. O controle remoto é o seu smartphone, tablet, ou até mesmo PC. Sem dúvidas uma solução muito mais simples do que a plataforma nada prática.

Mas o Google TV não vai ser encerrado. Será drasticamente modificado, mas continuará existindo. As futuras TVs com Android seriam mais modificadas por fabricantes (que escolheriam apps e serviços pré-instalados). Alguns dos aparelhos poderiam abandonar a possibilidade de transmitir TV ao vivo e servir apenas para streaming de conteúdo – tornando-se efetivamente uma set-top box. O controle não precisaria mais de um teclado QWERTY, e a versão do Android já seria a 4.4 Kit Kat.

O anúncio dessas mudanças pode ser feito a qualquer momento – quem sabe junto com a apresentação do Android 4.4. Mas o que parece certo é que não ouviremos mais falar em Google TV. A plataforma existirá, mas não mais com esse nome. [GigaOM]