Em 2005, a Samsung tecnicamente exibiu uma tela de OLED de 40”, mas sem resolução HD e com razão de contraste de apenas 5.000:1. O novo modelo que a empresa mostrou, com apenas 8,9 mm de espessura, tem especificações técnicas bem melhores.

O protótipo suporta resolução de 1080p e sua relação de contraste é de 1.000.000:1. (A maioria dos cientistas lhe dirá que o olho não consegue distinguir tanto contraste, mas os marqueteiros discordarão.) Sua gama de cores é de 107% do padrão NTSC, e o brilho é de 200 cd/m² (com picos de 600 cd/m²).

Infelizmente a Samsung diz que suas principais linhas de produção não estão equipadas para produzir telas de OLED com mais de 31” (roteiros anteriores falam em 40” para 2010). De qualquer maneira, nossos home theaters já se sentem um tanto incomodados… [NYT e Tech-On]