por Bryan Menegus

Uma das melhores coisas que surgiram do pesadelo com o Galaxy Note 7 foi um mod para GTA V que substitui as bombas adesivas do jogo pelo Celular Que Explode. Mas, como você pode ver na captura de tela abaixo, a Samsung reivindicou os direitos autorais do vídeo, mesmo não possuindo nenhum domínio sobre o jogo nem sobre o mod.

• O que a Samsung fez para tentar esconder casos do Note 7 explosivo
• Os possíveis motivos que fizeram os smartphones Galaxy Note 7 explodirem

samsung gta note 7

Atualização (21h17): o vídeo voltou ao ar.

Será possível que a Samsung não tenha ideia de como os direitos autorais funcionam? Ou uma paródia? Porque pedir a retirada desse vídeo é um mau uso da ferramenta para notificar violação de direitos autorais do YouTube – que infelizmente foi feita para funcionar a favor do requerente em vez do produtor.

Como lembra o Ars Technica, a remoção de vídeos sobre GTA não é algo impossível, desde que seja solicitada pela desenvolvedora Rockstar ou pela publisher Take Two. No geral, a lei americana que garante direitos autorais para criadores de conteúdo, a DMCA (Digital Millennium Copyright Act), é uma bagunça.

samsung gta note 7

O abuso da DMCA (no YouTube e em outros lugares) é generalizado, e a Samsung está longe de ser a primeira empresa a tentar silenciar críticas por meio dela – sem contar que a ferramenta é um grande gargalo na arquitetura do YouTube. Neste ano, o Google disse que recebeu 75 milhões de pedidos envolvendo direitos autorais a cada mês.

Curiosamente, a Samsung não foi atrás do mod em si – que ainda está disponível para download – nem dos muitos outros usuários que enviaram vídeos similares. Separamos alguns abaixo. [TechDirt via The Verge]