Tradicionalmente, designers enchem caixas de texto com frases em latim – o famoso Lorem Ipsum, escrito em 45 a.C. Mas pra que usar essa língua morta se você pode usar uma p*rra de texto do Samuel L. Jackson?

O ator Samuel L. Jackson ficou famoso por seu papel como Jules Winnfield em Pulp Fiction, filme de Quentin Tarantino, onde ele tem mil falas incríveis (e pesadas), como: “Fala ‘o que’ de novo. Fala ‘o que’ de novo. Eu te desafio. Te desafio duas vezes, filho da p*ta. Fala ‘o que’ mais uma vez, p*rra.” Ele também tem falas memoráveis do filme Corpo Fechado (a terceira aí abaixo), e claro, de Serpentes a Bordo: “Cansei destas p*rras de serpentes nesta p*rra de avião!”.

E são essas – e outras! – falas do Samuel L. Jackson que esta página usa para criar texto falso. O Samuel L. Ipsum gera pérolas como:

Huuuuuum, que delícia de hambúrguer!

Bem, a forma como eles fazem programas de TV é, eles fazem um programa. Esse programa se chama “piloto”. Então eles mostram o piloto para as pessoas que fazem programas de TV, e com a força desse programa eles decidem se vão fazer mais. Alguns pilotos são escolhidos e viram programas de televisão. Alguns não, não viram nada. Ela estrelou em um dos que não virou nada.

Estamos bem?

Olha, só porque eu não faço massagem no pé de homem nenhum, não quer dizer que é certo o Marsellus jogar o Antwone em uma p*rra de casa de vidro, f*dendo a forma como o negro fala. Se um filho da p*ta faz isso comigo, é melhor ele me paralisar, porque eu mato o filho da p*ta, tá me entendendo?

Não, filho da p*ta

Seus ossos não quebram, os meus quebram. Isso está claro. Suas células reagem a bactérias e vírus de forma diferente que as minhas. Você não fica doente, eu fico. Isso também está claro. Mas por algum motivo, você e eu reagimos exatamente da mesma forma à água. Nós engolimos muito rápido, nós engasgamos. Nós inalamos água nos pulmões, nós nos afogamos. Por mais que pareça irreal, nós estamos conectados, você e eu. Nós estamos na mesma curva, só que em pontos opostos.

Melhor que bacon. Incrível! [SlipsumValeu, Roger!]