O Morrison, caso seja este que temos nesta foto, é um slider com QWERTY ao estilo G1, mas a julgar pela cor berrante, o direcional grandão e as linhas arredondadas, parece estar sendo orientado a uma audiência muito mais ampla que o seu irmão maior. De fato, o Morrison se parece muito mais com um telefone voltado para mensagens do que com um smartphone completo. Só não podemos nos esquecer que estas são apenas imagens vazadas por aí, então ele pode ser qualquer uma dessas coisas. Ou nenhuma.

Mas pense nas possibilidades por um minuto: o Android diz ser relativamente escalável, é gratuito e sem dúvida jogaria para escanteio alguns dos sistemas operacionais meia-boca que temos por aí, tipo o Pantech Duo. Eu diria que já demorou para lançarem um telefone com Android que não custe os olhos da cara. Veremos se é isso que a Motorola tem em mente. [Mini-suit via Phandroid]