Um par de meias é como qualquer outro por aí, certo? Não mais, pelo visto. Agora, até mesmo um par de meias tem tecnologia que pode melhorar o desempenho de um atleta.

Se você não está familiarizado com as meias Nike Elite Basketball, elas especificam para qual pé cada uma foi feita. É como um tênis de basquete: elas têm zonas estrategicamente amortecedoras para o pé esquerdo e direito para dar apoio e conforto.



É um pouco bizarro pensar que sua meia direita não funciona com o seu pé esquerdo, não? Eu sei. Mas você consegue notar a diferença.

meia2

Aqui você pode ver o estofamento extra no design da meia. Há amortecimento onde os jogadores de basquete deslizam o pé; preenchimento extra ao redor do tornozelo e calcanhar, para o tênis não machucá-los; e nervuras ao longo do pé que aumentam a amplitude de movimento. Em outras palavras, é uma meia – porém especializada.

E como a Nike é a Nike, quando eles encontram algo que os atletas querem (o jogador de basquete Deron Williams diz que as meias são “incríveis” e que ele usa “o tempo todo”, mesmo que esteja sendo pago para dizer isso), eles colocam algo bem chamativo para ganhar sua atenção. Eu gostei dessas meias de galáxia:

meia3

É duro acreditar no que acabei de dizer: eu gostei de um par de meias. [Nike]