A Signify, empresa especializada em serviços de iluminação inteligente e dona de outras marcas (entre elas a Philips Hue), anunciou nesta terça-feira (23) o lançamento das lâmpadas WiZ no Brasil. Inicialmente, são três produtos – duas lâmpadas smart e um painel para embutir em tetos e superfícies – que podem ser controlados por um aplicativo de smartphone, bem como assistentes de voz. Os preços começam em R$ 140.

No geral, as lâmpadas WiZ seguem o padrão da maioria das lâmpadas inteligentes que você encontra no mercado. Logo, elas vão concorrer diretamente com acessórios da i2Go e Positivo Casa Inteligente.

O diferencial destacado pela companhia é a customização de luzes e sua intensidade por um aplicativo para Android e iOS. Além da possibilidade de mudar a cor da lâmpada manualmente, o usuário encontra alguns modos pré-configurados que aplicam filtros de maneira automática. Isso pode ser de acordo com o cômodo da casa, como também baseado em uma época ou período do ano. Por exemplo, um dos cenários, chamado “Natal”, alterna a luz da lâmpada para tons de verde e vermelho – cores características da data comemorativa.

Pelo app, também é possível controlar uma ou mais lâmpadas simultaneamente. Basta tocar e arrastar uma lâmpada a outra para que elas se agrupem e o usuário altere os tons de todas ao mesmo tempo. E o aplicativo oferece ainda uma opção para controlar as lâmpadas via comandos de voz por Alexa, Google Assistente ou Siri. A empresa ainda destaca que nenhuma informação pessoal do usuário fica armazenada no app. Tanto é que não é necessário inserir nomes ou e-mails para completar a configuração dos produtos.

Assine a newsletter do Gizmodo

As lâmpadas

O modelo de entrada é linha bulbo A60 E27, que nada mais é do que a lâmpada tradicional que usamos em luminárias e abajures. O fluxo luminoso possui 800 lúmens e potência de 8,8 Watts, o que, segundo a fabricante, equivale a 60 W. A temperatura de cor varia entre 2.200 e 6.500 K e conta com RGB, permitindo ao usuário selecionar uma opção entre 16 milhões de tons diferentes. O valor sugerido é de R$ 140.

A segunda alternativa é a lâmpada GU10, voltada para espaços de trabalho ou salas de estar. Ela tem 400 lúmens de luminosidade e potência de 4,9 Watts (equivalente a 35 Watts). O preço de lançamento é de R$ 176.

Por fim, a marca traz o painel de embutir, que a WiZ descreve ser “ideal para projetos de iluminação que preveem a instalação de diferentes focos de luz em forro, gesso e outras superfícies”. No Brasil, o acessório custa R$ 310.

Todos os produtos contam com dois anos de garantia, operam nas redes Wi-Fi de 2,4 GHz e funcionam apenas na versão 127 Volts. Em um evento à imprensa, a Signify confirmou que está nos planos lançar modelos com voltagem 220 V, mas que isso deve demorar alguns meses para acontecer. Além disso, as vendas neste primeiro momento acontecem somente na internet, porém futuramente a ideia é levar os produtos da marca para o varejo físico.