Uma jovem de 16 anos foi salva de um sequestro após usar um gesto que indica violência doméstica, popularizado no TikTok. O caso aconteceu na última quinta-feira (4), no estado do Kentucky, nos Estados unidos.

De acordo com as informações da polícia do condado de Label, a jovem estava dentro de um Toyota branco quando fez o sinal para um homem que estava no carro ao lado. O motorista percebeu o gesto, seguiu o veículo e acionou a polícia ao notar que o veículo começou a sair da rodovia. O homem deu a descrição do carro do sequestrador e disse à polícia que a jovem parecia estar em perigo.

O sinal usado pela jovem foi criado no ano passado pela Canadian Women’s Foundation (Fundação de Mulheres Canadenses), em meio a um aumento nos registros de casos de violência doméstica durante a pandemia de Covid-19. 

Para fazer o sinal, basta abrir a mão, colocar o polegar sobre a palma e depois dobrar os outros quatro dedos sobre o polegar.

Final feliz

Com a descrição passada pelo homem, a polícia conseguiu encontrar o automóvel e constatou que a garota havia sido dada como desaparecida em Ahville, na Carolina do Norte, dois dias antes. O sequestrador, James Herbert Brick, de 61 anos, foi imediatamente detido pelos policiais, que resgataram a jovem.

Em nota publicada em seu perfil oficial no Facebook, o departamento de polícia do condado de Laurel afirmou que no celular apreendido do suspeito foi encontrado conteúdo em “contexto sexual” de uma jovem que parecia ser menor de idade. 

Segundo o depoimento prestado pela jovem às autoridades, nos dois dias em que ficou desaparecida, a jovem passou pelos estados de Carolina do Norte, Tennessee, Kentucky e Ohio, onde o suspeito tinha familiares. A garota também relatou ao perceberem que era menor de idade, os parentes do homem o expulsaram de Ohio.