Algo de estranho aconteceu este mês: apesar de a TV paga estar em franca expansão, a Sky informou que perdeu 130 mil assinantes entre abril e maio. O que aconteceu?

A DirecTV, que controla 93% da Sky Brasil, fez uma investigação interna e descobriu que a operadora vem inflando o número de assinantes desde o ano passado. Agora, o grave erro está sendo corrigido.



A empresa divulgou hoje um comunicado ao mercado, dizendo que:

… começando em 2012, alguns funcionários da Sky Brasil realizaram atividades… que incluíam dar crédito indevido a várias contas de assinantes, para reduzir ou eliminar os saldos devedores deles… aumentando a base de assinantes da Sky Brasil durante partes de 2012 e 2013.

Pelo visto, clientes que estavam devendo para a Sky continuavam a receber o sinal porque a operadora reduzia o saldo devedor, e assim evitava perder os assinantes.

Depois que a DirecTV descobriu isso, ela fez uma limpeza na base de assinantes, e está cancelando o serviço dos inadimplentes cujo sinal já deveria ter sido cortado, com base na política da própria Sky.

Baseada em resultados preliminares, ela acredita que a Sky teria, no final do ano passado, 100 mil assinantes a menos do que foi informado à Anatel (cerca de 5,25 milhões). Em março, seriam 200 mil assinantes a menos.

Devido às irregularidades, a empresa disse que terá um encargo de aproximadamente US$ 25 milhões. A empresa vai remover todos os assinantes “em excesso” até o final de junho. [FolhaSEC via Teletime]

Foto por Kaptain Kobold/Flickr