No início do mês, nós vimos um foguete da SpaceX — carregado com satélites — explodir de forma inexplicável. Na ocasião, ninguém sabia o que tinha acontecido. Porém, engenheiros da SpaceX começaram a investigar o que levou à falha.

Dona do satélite destruído com o foguete da SpaceX quer US$ 50 milhões
O que a explosão do foguete da SpaceX significa para o futuro da empresa

A SpaceX liberou os resultados iniciais de sua investigação, que revelou que eles acreditam ter havido uma uma brecha no sistema de hélio no compartimento de oxigênio líquido da Falcon 9. Segundo essa análise inicial, esse problema causou o incidente.

A companhia reuniu filmagens do incêndio, além de destroços recuperados e catalogados do incidente, para chegar a esta justificativa. Após isso, a SpaceX fez uma “árvore de falha” para traçar todas os possíveis erros que ocasionaram o fogo inicial. Criteriosamente, a empresa de voo espacial disse que o incidente não estava relacionado com explosões anteriores, como a que ocorreu  no ano passado com a missão CRS-7, que explodiu subitamente juntamente com sua carga, quando estava à caminho da Estação Espacial Internacional.

O quanto o incidente vai impactar nos próximos lançamentos da SpaceX depende não só do foguete em si, mas também do quanto de dano a chama causou na plataforma de lançamento. A companhia diz que a plataforma 40 do Cabo Canaveral, onde o foguete pegou fogo, aguentou parte do impacto e que áreas significativas do sistema foram afetadas.

No entanto, há também boas notícias. Os sistemas de controle da plataforma de lançamento estão em bom estado, diz a companhia, e a instalação de suporte ao foguete da SpaceX não teve danos. Além disso, o local onde a empresa armazena o combustível de oxigênio líquido e o querosene não foram afetados.

Após a explosão da CRS-7, a SpaceX acabou reformulando seu foguete Falcon 9. Se veremos um modelo similar remodelado em breve, teremos de esperar os resultados finais da investigação. No entanto, com instalações intactas e a companhia dizendo que vai lançar foguete em novembro — nós devemos ver os foguetes Falcon voando muito em breve.