E então aconteceu: Steve Wozniak, maquiado e sorrindo feito um maníaco, dançou em rede nacional de TV norte-americana. Por algo como um minuto e meio!

Não sei bem como a coisa aconteceu, mas eis o que eu vi: Woz apareceu vestindo um sensacional boá rosa, a música começou a tocar, e ele começou a dançar. Foi fantástico e jovial e eu meio que pude ver a bunda daquela mulher e todo mundo saudou! Foi um bom minuto e meio, e ninguém pareceu mais feliz com isso do que o próprio Woz. Foi um triunfo para geeks, um triunfo para Steve, e, pelo menos eu acho, um triunfo para a arte da dança.

Mas aí o apresentador nerd fez uma piada de computador ruim (nota para o apresentador nerd: piadas sobre o Safari provavelmente não ganham o seu público-alvo, mas valeu por tentar), e os resultados vieram. Palavras foram ditas, números foram levantados, e, de alguma maneira, de acordo com uma ridícula matemática de dança, Steve-O é melhor do que Steve-Woz. Ainda bem que, segundo a matemática do Giz, isso não importa – então vote. [ABC]