O NYT diz que “documentos confidenciais” revelaram que o telefone ainda sem nome seria plugado a uma estação estilo dock e viria completo com um dispositivo que cuidaria da sincronização de dados e tarefas de recarregamento. O telefone definitivamente chegará antes, seguido do tablet em algum ponto mais adiante em 2010. Se você não consegue imaginar o conjunto, pensem no Hub Verizon. Pronto, agora você já sabe do que se trata.

Ainda menos se sabe sobre o tablet, mas aqueles mesmos documentos confidenciais revelaram que ele se parece com um pequeno laptop com uma touchscreen de 7” (sem teclado físico). Ele “lidaria com tarefas básicas de computação como verificar a previsão do tempo ou gerenciar dados de múltiplos dispositivos na sua casa”, relata o NYT. Para mais informações sobre o que isto pode vir a significar, basta você imaginar uma moldura de foto da T-Mobile com um plano de assinatura de celular, a Cameo, que sem dúvida será compatível com ambos os dispositivos a partir do ano que vem.

Entre isto e os recentes relatos de netbooks com 3G habilitado lá na Verizon (ai, por que isto não tem no Brasil?), parece que a inevitável indistinção entre operadoras de celular e fabricantes de laptop (e molduras LCD?) finalmente passou do ponto sem volta. Mas você já sabia disto, não é? [NYT]