Com foco nas duas coisas que mais importam à Sony – estilo e mídia – os dois primeiros tablets da empresa rodam Android 3.0 (sim, Honeycomb) e vêm em dois formatos bem diferentes. Você vai reconhecer o formato familiar – e anteriormente vazado – do S1, que mede 9,4 polegadas, enquanto o S2 é uma espécie de tablet flip que lembra o Nintendo DS, com duas telas de 5,5 polegadas cada.

A Sony diz que as duas telas do S2 podem ser usadas de forma conjunta ou como alternativas para o formato tradicional de monitor e teclado: enquanto você navega na web, ambas as telas podem exibir o conteúdo juntas, como se fossem uma tela só, mas quando você jogar um game ou ver seu email, a tela inferior funciona como os controles, ou como o teclado.



As especificações completas destes tablets com Tegra 2 ainda não foram divulgadas pela Sony, mas sabemos que eles terão embutida a loja de downloads Qriocity da própria Sony, para baixar música e vídeo. Obviamente os tablets estão bem equipados para ler e-books também: a Reader Store tem todo o conteúdo de e-books que os usuários do Sony Reader podem baixar, e assim como o smartphone Sony Ericsson Xperia Play, o S1 e o S2 terão a PlayStation Suite, serviço que disponibiliza jogos do PS1 e do Android, como Crash Bandicoot and Asphalt 6.

Além disso, o S1 poderá ser usado como controle remoto universal para vários dispositivos Sony Bravia, como TVs ou Blu-ray players, permitindo executar ações como aumentar o volume, mudar de canal e usar DLNA para transferir mídia para TVs e alto-falantes – o DLNA funciona com qualquer dispositivo, não só com os da Sony.

A Sony ainda não disse quando veremos estes aparelhos no mercado, mas o CEO da empresa já havia dito que eles podem chegar no segundo semestre. E já sabemos que eles terão suporte a Wi-Fi e 3G, então é possível que eles sejam vendidos também através de operadoras. Assim como a disponibilidade, o preço ainda não foi anunciado. Leia o release completo aqui: [Sony]

Sony S1

Sony S2