Na hora de escolher um bom smartphone, um dos itens mais considerados pelos consumidores é a autonomia de bateria. Afinal, ninguém gosta da ideia de ficar sem energia bem na hora em que está assistindo a sua série preferida ou mesmo durante uma ligação importante. E ter que conectar o aparelho com muita frequência à tomada também não é nada agradável. A boa notícia  é que é cada vez maior o número de opções de smartphones que oferecem ótimo tempo de autonomia aos usuários.

“Além de contarem com baterias com maior capacidade, acima dos 4.000 mAh, os novos smartphones trazem melhores chipsets, que oferecem menor consumo de energia e recursos de Inteligência Artificial, que gerenciam de forma mais efetiva o consumo dos aparelhos”, explica Hernan Descalzi, gerente da área de mobilidade da MediaTek para o Cone Sul. A MediaTek é a líder no mercado de chipsets para smartphones na América Latina, segundo dados da IDC.

Um bom exemplo de smartphone que permite ao seu usuário ficar muito tempo longe da tomada é o moto g8 power lite. O aparelho, lançado recentemente pela Motorola, traz uma bateria de 5000 mAh que permite até dois dias de uso do aparelho. “O moto g8 power lite é um aparelho que alia uma superbateria, sistema de câmera tripla, muito espaço para armazenar arquivos, velocidade e alta performance”, afirma o head de Produtos da Motorola Brasil, Thiago Masuchette.

No comando do aparelho está um processador MediaTek Helio P35, um octa-core de 2.3 GHz que permite navegar pela internet, ver filmes, trabalhar ou jogar, entre outras funções, com velocidade e alta performance. Tudo isso com baixo consumo de energia.

O moto g8 power lite também traz 64 GB de memória interna e 256 GB de memória expansível, tela grande de 6,5 polegadas HD+ (que com proporção de 20:9 oferece uma visão mais ampla do conteúdo) e sistema de câmera tripla, oferecendo recursos como modo macro, zoom 4x, foco rápido e efeito bokeh. Tudo isso por menos de R$ 1.500.

Confira o infográfico abaixo com as especificações detalhadas do smartphone!

Mas não só a autonomia da bateria vem sendo uma novidade nos smartphones intermediários. Conversamos com Hernan Descalzi, Gerente Sênior da área de mobile para o Cone Sul da MediaTek, e Samir Vani, Country Manager também da MediaTek, para entender quais outras tecnologias foram aplicadas nos celulares dessa faixa de preço e como a indústria está se preparando para os próximos anos. Assista ao vídeo!