Alguns celulares no Brasil já têm TV, mas são só canais abertos. Quem quer TV por assinatura é obrigado a assistir em uma tela maior na sala, em vez de curtir uma telinha de poucas polegadas. Bem, não mais! A Telefônica, dona da Vivo, quer vender pacotes de celular com TV paga. Mas como isso vai funcionar?

Os detalhes parecem ainda não estar bem definidos. Por enquanto, a Telefônica já conseguiu, em testes, transmitir TV paga a 1Mbps sem travadinhas na imagem. Eles estudam compactar mais os sons e imagens, para transmitir TV paga a 512Kbps. A operadora planeja vender novos pacotes de dados para celular, com 2Mbps e TV por assinatura, mas não informou preço nem aparelhos compatíveis.

Olha, eu já vi muita gente assistindo TV por aí – no ônibus, na praça, na fila – então deve haver demanda para TV paga no celular. Sim, a tela é pequena demais pra ficar vendo o dia todo, mas a TV aberta do celular é com certeza limitada.

A TV paga seria vendida em pacote com internet, mas espero que o serviço não use o 3G para receber o sinal de TV paga, senão o serviço não faria sentido: nossa rede às vezes não aguenta um vídeo do YouTube, quem dirá um streaming contínuo de TV. Caso o sinal venha de outra forma, ainda é necessária uma oferta razoável de canais, e um bom preço pela assinatura. Assim, quem sabe a TV paga móvel dê certo!

Atualização: no Brasil já existe TV paga pelo celular, através da TIM. A TIM TV conta com 15 canais (como MTV, Cartoon Network e CNN) e cobra por tempo utilizado: R$4 por 30min, R$6 por 2h e R$10 por 24 horas. A Oi TV Móvel oferecia onze canais e cobrava mais barato: R$1,90 por 30min, R$4,90 por 2h e R$7,90 por 24 horas. No entanto, a Oi TV Móvel foi descontinuada no final do ano passado; mas a TIM TV ainda está disponível em todo o país. Ambos os serviços transmitem imagens através de EDGE (2G), e não cobram pelo tráfego utilizado pela TV. Os serviços são compatíveis apenas com alguns aparelhos da Nokia.

Nos EUA, um serviço semelhante era o V CAST TV da Verizon, que oferecia TV por assinatura no celular a partir de US$12. O serviço transmitia TV usando ondas UHF, as mesmas da televisão, em vez de contar com o plano de dados para isto. O V CAST TV foi extinto em março, substituído por vídeo sob demanda – assim você pode escolher o que quer assistir, em vez de acompanhar a programação fixa dos canais. [Folha]

Imagem por MeioBit