Terrorista em voo na Somália supostamente escondeu uma bomba dentro do laptop

Autoridades ainda tentam entender o que aconteceu com um avião que explodiu no ar mas conseguiu pousar com segurança. Um terrorista teria escondido uma bomba em um laptop.

O suposto terrorista que se explodiu em um avião da Daallo Airlines na semana passada tinha escondido a bomba dentro de um laptop, de acordo com autoridades da Somália.

>>> Vídeo mostra visão interna do avião que sofreu explosão durante voo

O homem, identificado como Abdullahi Abdisalam Borle, de 55 anos, supostamente recebeu o laptop de dois outros homens que se fingiam de trabalhadores da empresa de linhas aéreas no aeroporto de Mogadíscio. A explosão no meio do voo da Somália para o Djibouti fez Borle ser sugado para fora do avião e feriu dois outros passageiros. O avião conseguiu fazer um pouso de emergência bem-sucedido.

De acordo com o Wall Street Journal, mais de 20 pessoas supostamente vinculadas ao ataque já foram detidas. Os dois homens que fingiram ser funcionários da companhia aérea foram identificados com ajuda de imagens de câmeras de segurança no aeroporto da Somália e foram vistos entregando um pacote a Borle.

Relatos anteriores sobre o incidente diziam que o terrorista usou uma cadeira de rodas para esconder o explosivo, mas autoridades ainda não confirmaram a precisão desse cenário. O vídeo do avião fazendo um pouso de emergência após a explosão viralizou.

“Os suspeitos estão cooperando, e estamos conseguindo boas informações”, disse o porta-voz do governo da Somália Adbisalam Aato ao Wall Street Journal.

Alguns acreditam que o ato terrorista tem ligação com um grupo islâmico conhecido como Al-Shabaab. O grupo é afiliado à Al Qaeda e visa derrubar o governo da Somália.

[Wall Street Journal]

Sair da versão mobile