A Amazon lançou em beta uma novidade impressionante para sua Appstore: usuários podem testar apps pagos sem mesmo baixar o app – tudo é feito na nuvem. Cadê isso no Google Play?

Depois de comprar e baixar um app no Google Play, você tem até 15 minutos para testá-lo e – se quiser – cancelar o pedido e receber o reembolso. Ou seja, você precisa ser rápido e tem que pagar para testar. Na Amazon Appstore, você tem um timer contando o tempo, e não precisa gastar um centavo para testar o app completo – nada de versão trial limitada.

No smartphone, você abre a Appstore, escolhe o app e toca no botão verde para experimentar. Você não baixa o app: ele roda na nuvem, trata-se de virtualização. Como explica a Amazon:

Quando os clientes clicam no botão Test Drive, nós rodamos uma cópia do app no [serviço de computação na nuvem] EC2. À medida que os clientes interagem com o app, nós enviamos estes inputs, através da conexão à internet Wi-Fi do aparelho, ao app rodando na Amazon EC2. Nossos servidores então enviam o vídeo e áudio do app de volta para o computador ou celular do cliente. Tudo isso acontece em tempo real, permitindo aos clientes explorar as funções do app como se estivesse rodando localmente no seu dispositivo móvel.

Você pode escolher entre 5.000 apps e usar cada um por cerca de 10 minutos. Isso, claro, se você estiver nos EUA, único país onde a Amazon vende apps. (Você também poderia usar VPN, mas não testamos essa possibilidade.)

A Amazon já saiu na frente ano passado ao oferecer o Test Drive para computadores: no site da Appstore, você roda o app por até 30 minutos, seja ele gratuito ou pago. Mais de 16.000 apps já funcionam no Test Drive para computador. Esta é mais uma ideia bem interessante que o Google Play deveria adotar. [Amazon via DroidLife via Gizmodo US]