Se ticolé é muito bom, eu não sei, mas este foi o vídeo de maior sucesso do YouTube no Brasil, segundo um levantamento tradicional feito pela plataforma com uma retrospectiva de 2019.

Caso você não saiba do que se trata, “Ticolé” é um vídeo em que garotos de Porto Alegre (RS) fazem um funk na palma da mão versando sobre o ticolé — dependendo da sua região, isso pode se chamar geladinho, sacolé, chup chup, ou ainda outros nomes. O vídeo, que fez bastante sucesso no início do ano durante o verão, acabou gerando memes, jogo para celular e até coreografias profissionais.

Em seu comunicado, o YouTube quis ressaltar que o vídeo viralizou, apesar de não ter sido postado em um canal com milhões de inscritos. No fim das contas, o Ticolé contabilizou mais de 34 milhões de visualizações durante o ano.

De modo geral, o que levou o ticolé a ser o grande destaque na rede foi por ser o número 1 dos vídeos em alta. Isso quer dizer que ele teve um alto número de visualizações, a rapidez com que ele gerou atualizações, curtidas e teve muitas visualizações originadas fora do YouTube.

Outros virais que receberam destaque do YouTube nesta retrospectiva foram o Nego Ney, que mostra a dança de uma criança que viralizou após jogadores do Flamengo comemorarem gols da mesma forma que ele, e o vovô do slime.

Apesar do sucesso, a história do vovô do slime foi bizarra. Ele ganhou notoriedade por ensinar a fazer uma versão caseira da massa de modelar. No entanto, num curto espaço de tempo começaram a surgir teorias da conspiração sobre ele, o que fez, inclusive, que ele passasse a ter medo de sair da rua, segundo entrevista feita com ele pelo UOL Tilt. No fim das contas, o vídeo do vovô foi o quinto mais curtido globalmente.

Dentre os virais mais recentes, o destaque fica por conta do vídeo “Caneta Azul”, de Manoel Gomes. A música, que pode ser considerada por alguns um pouco irritante, acabou se tornando um viral com direito a muitas paródias e entrevista para o compositor.

Quanto aos criadores de conteúdo brasileiro, o destaque fica para o Kondzilla, que é um dos maiores canais do mundo, Felipe Neto e Whindersson Nunes.

O quem bombou de música no YouTube em 2019

Apesar de só recentemente ter um serviço de streaming próprio, o YouTube continua a ser um termômetro do que as pessoas ouvem, e a lista deste ano das canções mais ouvidas dá uma noção do que faz mais sucesso entre os brasileiros.

Se fosse resumir, entre os vídeos de música mais vistos estão artistas do sertanejo, seguidos pelos de funk, com uma ou outra música de artistas do rap, forró ou pagode:

1 – Lauana Prado, Maiara & Maraisa – Cobaia – sertanejo
2 – Marília Mendonça – Bebi Liguei – sertanejo
3 – Matheus & Kauan – Vou ter que superar (feat. Marília Mendonça) – sertanejo
4 – Marília Mendonça – Todo mundo vai sofrer – sertanejo
5 – Gabriel Diniz – Jenifer – forró
6 – Dilsinho – Péssimo Negócio – pagode
7 – Gusttavo Lima – Cem mil (ao vivo) – sertanejo
8 – Pineapple Storm TV, MC Cabelinho, Mode$Tia, Bob do Contra, Azzy, Filipe Ret, Dudu, Xamã, Orochi, Maquiny – Poesia Acústica #6 Era Uma vez – rap
9 – Anitta e Kevinho – Terremoto – funk
10 – Dynho Alves – Malemolência – funk