Ontem a web se agitou com uma reportagem do New York Times sobre as fábricas chinesas de produtos da Apple, descritas como um lugar perigoso que explora seus funcionários. Isto deixou Tim Cook triste, então ele mandou um email bem longo para seus funcionários, para esclarecer a situação.

O email completo está no 9to5Mac, mas um resumo seria: “Nós não estamos fazendo nada de ruim ou errado, é sério!” O que mais você esperaria? Mas há alguns pontos principais que você deve achar interessante:

A cada ano nós inspecionamos mais fábricas, elevando o nível para nossos parceiros e indo cada vez mais fundo na cadeia de produção. Como informamos ainda este mês, nós tivemos um grande avanço e melhoramos as condições para centenas de milhares de trabalhadores. Nós não sabemos de ninguém na nossa indústria que faça tanto quanto nós, em tantos lugares, atingindo tantas pessoas.

Boas palavras, Tim. Tudo é relativo, não é mesmo? Pode parecer que as fábricas são perigosas e exploram os funcionários, mas a situação não é tão ruim como na concorrência!

Nós estamos focados em educar os funcionários quanto a seus direitos, para que eles tenham o poder de se manifestar quando virem condições inseguras ou tratamento injusto. Como você sabe, mais de um milhão de pessoas foram treinadas pelo nosso programa.

Um milhão parece muita gente, mas é difícil dizer exatamente quantas pessoas deveriam ter sido treinadas. Aqui eu dou o benefício da dúvida ao Tim.

Nós vamos continuar a ir fundo, e nós com certeza encontraremos mais problemas. O que nós não faremos – nem nunca fizemos – é ficar parados e fingir que não vemos os problemas em nossa cadeia de produção. Quanto a isto, vocês têm minha palavra.

Bem, ele tinha que falar algo assim, né? Mesmo assim, aposto que nos bastidores há muita gente tentando resolver problemas assim, o que é bom. Só que, obviamente, eles precisam fazer mais. [9to5mac]