Gostaria de começar dizendo que eu não gosto do Tinder. Já usei o app para bater um papo com caras solteiros da minha região e até tive um encontro legal com alguém que conheci no aplicativo. Coisas normais de apps de namoro. Ainda assim, as pessoas aparentemente estão entrando no Tinder com um objetivo muito diferente em mente: encontrar alguém para ter um relacionamento sério. E eu não consigo entender por quê.

O Tinder anunciou na quinta-feira que estava lançando uma nova opção chamada Plus One, que permite aos usuários indicar se estão procurando um date ou se topam ser o par de outra pessoa. A inovação fará parte do hub “Explorar” do Tinder, um recurso lançado recentemente que permite aos usuários participar de diferentes experiências sociais e encontrar possíveis parceiros com base em “todos os gostos e atividades”.

De acordo com o Tinder, a função Plus One está sendo lançada bem a tempo “do próximo boom de casamentos”, citando os adiamentos e cancelamentos causados ​​pela pandemia.

“Depois de um ano e meio de cerimônias e celebrações adiadas, uma das temporadas de casamento mais agitadas da história está chegando”, escreveu a empresa em um comunicado à imprensa. “Este aumento iminente parece já ter sido sentido pelos solteiros: menções de “Plus One” [aquela pessoa que você leva de acompanhante para um evento social] na bio do Tinder aumentaram 45% desde o início do ano.”

Considerando que estou naquela idade em que muitos dos amigos de faculdade estão de fato se casando, eu entendo o que Tinder está dizendo. Ver seus amigos celebrar o amor deles pode fazer você querer alguém para amar, pelo menos durante um tempo. Mas há uma grande diferença entre ir a um encontro com alguém que você acabou de conhecer e levá-lo a um casamento.

Em primeiro lugar, há o custo. Ir a casamentos é algo muito caro para todos os envolvidos. Se você está procurando alguém para ser seu par, está disposto a assumir as despesas que essa pessoa vai ter ao se preparar para o grande dia? Minha carteira ainda está doendo por causa do casamento do meu melhor amigo no mês passado — e olha que eu fui sozinha.

O Tinder sabe disso. Por isso, está fazendo parceria com o mercado online WeddingWire para distribuir cupons de US$ 460 — que, segundo a WeddingWire, é a quantia média que convidados gastam para comparecer a um casamento — para as primeiras 100 pessoas que se inscreverem no Plus One. Isso ajuda, com certeza. Mas ainda me sinto mal por todos aqueles que não ganharão um cupom.

Em segundo lugar, não seria estranho para o seu “Plus One” ir a um evento onde a única outra pessoa que eles conhecem é você? Eu sentiria uma pressão tremenda em entreter meu par a noite toda, e não seria capaz de desfrutar da presença de amigos e do casal de noivos.

Por falar no casal de noivos, você já pensou em como eles se sentiriam por você levar um estranho ao casamento deles? Afinal, o casal terá que pagar para alimentar e acomodar seu “plus on”. Considerando que a maioria dos meus amigos tem dívidas de empréstimo estudantil e estão tendo casamentos menores por causa disso, eu definitivamente não gostaria de aparecer e dizer: “Ei, você pode pagar por uma pessoa que você não conhece? Só para dizer que tenho um encontro?”

Já que estamos falando sobre esse assunto, por que é tão importante para você ter um par em um casamento? Eu costumava pensar que isso era importante porque não queria que as pessoas pensassem que eu não conseguiria um encontro — o que é uma daquelas suposições estúpidas que nossa sociedade coloca nas mulheres jovens. Com o tempo, aprendi que a vida é muito curta para me preocupar com o que as outras pessoas pensam de você. Além disso, não é o seu casamento. Você é um personagem secundário neste grande dia.

Mas, quem sou eu pra dizer? Não sou uma daquelas pessoas que adiciona “plus one” à descrição da biografia do Tinder. Sem julgamento aqui, é claro – é a sua vida. Apenas saiba que trazer uma data para um evento caro como um casamento, especialmente um que você acabou de conhecer, é mais fácil falar do que fazer.