Emprestar um trompete para uma criança e esperar que ela tenha habilidades de um Louis Armstrong não é algo muito possível, mas você consegue fazer com que elas produzam melodias básicas usando uma única folha de papel. A MusicInk também permite que crianças pintem – e toquem! – um pedaço de papel como se fosse um instrumento musical.

Protótipos da tinta especial deram as caras na Maker Faire em Roma. Os visitantes podiam testar coisas ao preencher stencils em forma de instrumentos com algumas camadas do pigmento especial condutor eletrônico, e, em seguida, conectar a criação a uma placa Arduino Duemilanove e um controlador Sparkfun MPR121 alojado em uma caixa de madeira com boa aparência, conectado via Bluetooth a um app de smartphone.

original (9)

Até 12 eletrodos podem ser conectados a diferentes obras de arte por vez, e cada um deles então age como um sensor capacitivo (reagindo a toques e deslizadas da mesma forma como seu smartphone consegue), cada um deles produzindo um som da Orquestra Filarmônica. Confira o vídeo abaixo para ver um grupo de jovens se divertindo no processo:

O MusicInk ainda não está à venda, mas você pode conseguir um frasco de tinta elétrica do pessoal da Bare Conductive, se estiver ansioso para criar suas próprias experiências sonoras (eles oferecem algumas ideias bacanas aqui. Tudo em inglês). [PSFK]