Jake Davis, talvez mais conhecido por Topiary, a mente por trás dos ataques malucos via Internet ocorridos em meados de 2011, foi solto com uma única (e óbvia) condição: nada de Internet. Agora, 12 meses depois da soltura, ele decidiu refletir sobre a sua experiência, sua nova vida sem Internet, escrevendo sobre tudo isso no Guardian — numa máquina de escrever, talvez?

Deve ter sido uma mudança e tanto, de comandar um grupo de hackers super ativo em ritmo frenético para a abstinência total de Internet, mas Davis diz que a mudança foi boa para ele. Como escreveu no Guardian:

“…Posso dizer com confiança que a ausência permanente de Internet me tornou uma pessoa mais completa. E como um desses muitos garotos colados em suas telas todos os dias, eu antes sequer me imaginava pensando nessas palavras. Antes, a ideia de não ter Internet era inconcebível, mas agora (sem querer soar como algum tipo de revelação infantil e previsível resultado de ter perdido isso), eu olho as transcrições das minhas conversas online (produzidas como evidências legais no meu processo, em grande número) e me pergunto o porquê de toda aquela confusão.”

Isso não quer dizer que a privação tem sido fácil. Ele também menciona a chateação de não poder consultar o Google para tirar pequenas dúvidas e como tudo é inegavelmente mais entediante. É curioso ler as ideias de alguém que antes praticamente vivia na Internet, mas que agora está completamente fora dela. Você pode ler o relato completo de Davis, em inglês, no link ao lado. [The Guardian]