Por enquanto, o seu arsenal de gestos touchscreen é limitado pelo número de dedos que você pode usar – só que um gesto de dez dedos não seria particularmente útil para a maioria. No entanto, uma nova tecnologia chamada FingerSense consegue distinguir entre as pontas dos dedos, as unhas e até os nós dos dedos, para jogar mais variáveis nesta mistura.

O vídeo abaixo mostra como isto pode ser útil: você pode abrir menus de contexto usando a articulação do seu dedo, por exemplo. Isto também significa que a tela pode reconhecer entre duas pontas de uma caneta stylus – uma ponta para escrever, e a outra para apagar.



Chris Harrison, candidato a Ph.D. na Universidade Carnegie Mellon (EUA), conseguiu modificar um Samsung Galaxy S III para reconhecer a diferença entre os variados tipos de toque, seja com o dedo, seja com uma caneta stylus.

O aparelho modificado faz isto com a ajuda de um minúsculo sensor de vibrações acompanhado de software: eles ouvem as diferenças acústicas entre os diferentes tipos de toque.

Harrison já abriu uma empresa, a Qeexo, para começar a vender a tecnologia. O sensor de vibração pode ser facilmente adicionado no interior de qualquer smartphone; mas de acordo com Harrison, o software é onde a verdadeira magia acontece.

No futuro, tudo será sensível ao toque, mas ainda não chegamos ao limite das touchscreens. Se esta tecnologia decolar, ela poderia aumentar o conjunto de formas de interagir com telas sensíveis ao toque. [New Scientist]