Percebendo que os frequentemente prometidos “escritórios sem papel” não devem nunca se tornar realidade, pesquisadores de Fujitsu estão trabalhando em um plano B para dar a documentos impressos funcionalidades parecidas com touchscreen de tablets.

Usando um projetor, webcam e outros sensores, o sistema consegue detectar precisamente os movimentos do dedo em 3D, permitindo interação com uma página impressa e texto ou imagem ao simplesmente tocar ou segurar caixas de seleção. O projetos cria elementos de interface de usuário que são perfeitamente compatíveis com os movimentos dos dedos, e também conseguem facilitar o uso de conteúdo adicional como animações ou vídeos na página. Uma coisa é certa: ficar acordado a noite inteira para acabar aquele trabalho da faculdade vai ser muito mais fácil. [DigInfo TV]