Chegou aquele momento mágico do ano, quando todos já imaginam que o próximo iPad será lançado em breve. O que significa que um caminhão de rumores sobre o iPad 3 invade nosso cotidiano. Eis um guia prático para entender o que faz sentido neles.

Como sempre, leia tudo isso com um olhar bem cético — ainda são apenas rumores. E lembre-se: o iPad pode ter apenas dois anos de vida, mas ele já é tão importante para a Apple que mudanças radicais em seu design ou sua filosofia estão definitivamente descartados (foi mal, fãs das 7 polegadas). Mas isso não significa que não teremos mudanças significativas tanto por dentro quanto por fora.

Tela

Um dos detalhes mais marcantes dos dois últimos iPhones é a chamada Retina Display. E apesar de a tela do iPad 2 ser bem maior, um aumento na densidade de pixels é uma das mudanças mais antecipadas do iPad 3. Diversas notícias com fontes misteriosas dos fornecedores de peças indicam que telas no formato Retina estão sendo produzidas para o próximo iPad. Em termos mais oficiais, o iBooks 2 tem imagens com dupla resolução que fariam muito mais sentido num iPad com mais resolução de tela. Mas vale lembrar que isso já aconteceu antes.

Alguns tablets com Android já passaram a resolução do iPad no ano passado, e como eles caminham para o território dos 1080p, parece natural que a Apple atualize a tela de seu iPad na próxima versão.

Por dentro

É bem difícil imaginar que iminente processador A6 não será o chip do iPad 3, como a Bloomberg e outros já noticiaram. A principal dúvida agora é se o A6 terá quatro núcleos. Por um lado, concorrentes como o Transformer Prime já estão usando chips quad-core, e a exibição de filmes em HD e a jogatina pesada são dois dos principais motivos para a atualização. E tanto o BGR quanto a Bloomberg noticiaram recentemente que o chip será quad-core. Mas não podemos esquecer que a Apple já deixou claro que não mexerá em especificações que ela não considere que mudarão significantemente um produto, como foi no caso da memória RAM de 512MB do iPad 2.

Falando em RAM, se levarmos o rumor de uma Retina Display mais a sério, faria bastante sentido que a memória fosse finalmente atualizada no iPad 3. Os 512MB de memória do iPad 2, assim como no iPhone 4S, foi mantida por ser o bastante para segurar a ótima simbiose entre software e hardware. Mas faz sentido pensar que será necessário mais força bruta para aguentar um número bem maior de pixels em uma tela de 10 polegadas. Mas guarde isso apenas como uma especulação.

Câmera

O iLounge citou diversas fontes que indicam que o iPad 3 terá uma câmera frontal com resolução HD para uso do Facetime em alta resolução. Isso faz bastante sentido, já que câmeras frontais de alta resolução encontraram espaço em celulares como o Lumia 900, e pessoas usam bem mais tablets para conversa em vídeo do que celulares.

Vale mencionar aqui que apesar de todas essas atualizações parecerem inevitáveis, nós também pensamos a mesma coisa sobre aquele-que-nunca-existiu, o iPhone 5. Ou seja, segure qualquer empolgação ou certeza até o anúncio oficial.

Rede

O BGR vazou recentemente telas do que seriam a prova da existência não só do processador A6, mas como também da adição de LTE (4G) no iPad. O blog japonês Macotakara divulgou detalhes semelhantes sobre as mudanças de rede. Levar o LTE para o iPad antes do iPhone faria sentido, já que a bateria mais duradoura do iPad poderia aguentar o vampiro chamado 4G. E a adição de 4G ao iPad abriria as portas para a adição da conexão no próximo iPhone, mas ainda não está claro se a Apple entender que o LTE está maduro o suficiente.

Siri

O iOS 6 ainda está longe de surgir, mas o software do iPad 3 merece uma menção rápida, já que ele pode ser o primeiro produto pós-iPhone 4S a contar com o Siri, como alguns detalhes do iOS 5.1 beta dão a entender.

Disponibilidade

O início de março parece a época lógica para o lançamento, com diversas notícias cravando a data, e os dois modelos anteriores foram lançados no início de março e no início de abril.

E, para aumentar a especulação, dois sites europeus da Amazon mostraram o iPad 3 com data de lançamento para o dia 29 de março.

Design

A parte que provavelmente não terá nenhuma mudança no próximo iPad será seu design. A Apple fez bastante sucesso com o atual formato e tamanho, e não há razão para mudar isso agora. A única mudança que conseguimos imaginar é que ele possa ser um pouco mais espesso do que o modelo atual por causa da provável tela nova e/ou para uma bateria maior.