Elon Musk e sua Boring Company têm estado muito ocupados cavando um profundo e longo buraco sob Los Angeles, e Musk quer exibir isso.

No sábado (28), o CEO da Tesla e da SpaceX postou a primeira imagem de uma porção em sua maior parte finalizada do local de testes da Boring Company na Califórnia. Esse túnel parece bem legítimo em termos de padrões de túneis, com cabeamento, paredes com painéis, algo que parece ser ventilação e um tipo de pista — não está claro se ela é feita para carregar equipamento de construção ou protótipos de veículos, mas parece pequeno demais para carregar a monstruosa broca Godot, da Boring Company.

(“Imagem do túnel da The Boring Company em LA, tirada ontem”)

Em um tweet posterior, Musk expressou seu desejo de manter a escavação até que o túnel se alongue do aeroporto LAX à autoestrada U.S. Route 101, o que seria um feito e tanto, já que a rota proposta exigiria escavar através de Santa Mônica, Brentwood ou, possivelmente, Beverly Hills.

A porção exibida acima tem “152,4 metros até agora”, ele escreveu. “Deve ter 3,21 quilômetros em três ou quatro meses e, com sorte, se alongar por todo o corredor 405 N-S, do LAX à 101 em um ano, mais ou menos.”

Musk inicialmente estava limitado a testes nos terrenos da SpaceX, mas recebeu da cidade de Hawthorne um sinal positivo para começar a cavar mais longe.

O objetivo final declarado de Musk é construir uma vasta rede de túneis com trilhos eletricamente abastecidos carregando tanto veículos com passageiros quanto alguma forma pequena de movimentação de pessoas, a 201 quilômetros por hora, em teoria desviando de algumas das infames redes de Los Angeles, em uma rede de transporte secundária mais rápida. Mas ele também foi direto ao dizer que a Boring Company é só uma espécie de experimento legal inspirado em seus dramas com o trânsito.

(“Na verdade, vou fazer isso.”)

Mesmo que esse experimento seja bem-sucedido, construí-lo na escala enorme mostrada em seus vídeos de conceito exigiria perfurar grandes trechos da cidade, superando um ambiente regulatório hostil durante o processo, sem falar nos bilhões de dólares de financiamento necessários.

Pedimos algumas informações adicionais à Boring Company, incluindo qual o propósito da pista, e vamos atualizar a publicação se tivermos uma resposta.

[Engadget/The Verge/Twitter]