O Metal_Games é membro da Body Modification Ezine, e ou ele realmente gosta do Nintendinho, ou realmente odeia a si mesmo. Porque ele suportou uma hora de sacrifício barbárico (no qual um profissional treinado arrancou pedaços da sua pele) só para deixar a perna compatível com o Código Konami.

Ele colocou o stêncil e estava tudo preparado. Começamos com as linhas, e a dor não foi nem metade do que eu estava esperando. Na real, foi tranquilíssimo pela maior parte do tempo. Jeffrey, o artista, levou uns 20 minutos para cortar todas as linhas. Respirei fundo umas duas vezes, e fomos direto à parte de remover a pele…

Eu vou apenas acrescentar que remover pele antes de parar o sangramento, limpar a ferida e viver com essa decisão pelo resto da vida foi provavelmente a pior parte.

Leia o relato completo do homem em: [bmezine via GameDaily via GoNintendo]