Pesquisadores da Universidade de Pequim, na China, criaram um gel que usa nanotecnologia para dizer se os alimentos estão ou não estragados – pode ser o fim das etiquetas com prazo de validade.

Este gel inteligente reage às condições reais de onde o produto está armazenado. Com o tamanho de um grão de milho, elas reagem à temperatura ambiente e mudam de cor para indicar o nível de deterioração do produto: quando está fresco, o gel fica vermelho. Quando começa a envelhecer, fica laranja e amarelo. Quando está estragado, fica verde.



Mas você pode se perguntar: então eu coloco um gel em um alimento para saber se ele está estragado, e, se não estiver, não posso comê-lo por causa do gel? Não é bem assim: ele é comestível, então não vai ser ruim para a sua saúde. Os pesquisadores colocaram até vitamina C no gel – então além de tudo ele vai fazer bem para você.

 

Atualmente, os testes envolvem a bactéria E. coli no leite, mas Chao Zhang, lider da pesquisa, diz que o gel pode ser adaptado para outros produtos.

No momento o processo de desenvolvimento foi patenteado na China, e os pesquisadores agora buscam parceiros para fabricá-lo. Segundo Zhang, o gel custa apenas US$ 0,002 – extremamente barato. [ACS Nano via GizMag]