A cara de alegria do garoto que ganhou uma engenhoca com bolinhas de gude deixa claro que ele adorou o presente do papai. Mas vocês, leitores cruéis, disseram que o menino queria um eletrônico qualquer. Pelo visto, vocês estavam certos: segundo a Nielsen, 31% das crianças americanas, com idade entre 6 e 12 anos, quer um iPad no Natal.

Ou melhor, no Natal, na Páscoa, de ano novo, ou em qualquer data nos próximos seis meses. Isso significa que praticamente uma em cada três crianças americanas está deliberadamente pressionando, chorando, se esperneando e ameaçando fugir de casa para receber um iPad do velho barbudo. E se você ainda tem dúvidas, sim, as crianças gostam muito do iPad. O Pedro já fez essa experiência com alguns parentes e comprovou que 11 em cada 10 crianças de Brasília ficam vidradas pelo tablet da Apple:



Olha pra foto, menino!

É interessante como um videogame aparece apenas como 4ª opção, com 25% das crianças querendo um Nintendo DSi. A lista é dominada por computadores (29% das crianças querem um), iPod touches (29%) e smartphones (21%). Sim, vivemos tempos estranhos no que diz respeito aos desejos infantis. Mas, cortando a discussão mais aprofundada, eu só daria um iPad para meu filho se ele reagisse como o clássico menininho do NINTENDO SIXTY FOOOOOOOOOUR.

[Yahoo!]