Uma grande parte da Internet ficou off-line na manhã desta terça feira. O problema começou pouco antes das 7h (horário de Brasília) e afetou da CNN ao governo britânico. A interrupção foi atribuída à Fastly, uma rede de distribuição de conteúdo usada por centenas de sites grandes. O Gizmodo americano também caiu.

A Fastly anunciou às 7h44 que havia identificado “o problema” e que uma correção estava sendo implementada. Ainda não se sabe ao certo o que ocorreu e a empresa não respondeu imediatamente ao pedido do Gizmodo para comentar.

Os clientes da Fastly incluem sites de notícias como CNN, New York Times e The Guardian, bem como redes sociais como Pinterest, Twitch e Reddit. O site do governo do Reino Unido também foi atingido por uma interrupção, o que é particularmente perigoso porque dá a criminosos a oportunidade de ocupar o espaço e coletar informações para usá-las golpes, como Martin Lewis apontou no Twitter.

Alguns meios de comunicação tentaram métodos alternativos de dar notícias. O Verge compartilhou um Google Docs no Twitter. O único problema é que eles se esqueceram de desligar a edição. As pessoas adicionaram seus próprios comentários ao documento, incluindo “todo mundo pode escrever para o Verge agora”.

A interrupção chama a atenção para o fato de a internet “descentralizada” ser muito mais centralizada do que imaginamos — e também serve como um lembrete preocupante, levando em conta os ataques de ransomware que vem atingindo infraestruturas críticas em todo o mundo.

Assine a newsletter do Gizmodo