Mesmo que muita gente hoje torça o nariz para discussões políticas presentes nos quadrinhos, as HQs sempre foram politizadas. 

Qualquer fã que pegou um quadrinho do Capitão América, por exemplo, sabe muito bem que o Caveira Vermelha é um dos principais inimigos do herói. O motivo disso? Ele é um nazista. Da mesma forma, Hitler e agregados nazistas apareceram diversas vezes nas HQs, sendo combatidos por diferentes justiceiros.

Abaixo, preparamos uma lista com alguns os principais super-heróis que já enfrentaram o nazismo.

Capitão América

O primeiro gibi do Capitão América foi publicado em março de 1941. O herói foi um dos primeiros a trazer histórias mais engajadas na luta contra o nazismo e inspirou inúmeras imitações. Foi quando se tornaram comuns gibis que traziam capas com os heróis socando ou ridicularizando os ditadores, como Hitler e seus aliados.

A imagem mais icônica do personagem, no entanto, é quando o Capitão América é visto socando Hitler na cara — conforme visto na capa de “Captain America Comics” #1 de Joe Simon e Jack Kirby, estimulando os leitores americanos a se posicionarem contra o nazismo.

Superman 

Clark Kent também já enfrentou os fascistas inúmeras vezes nos quadrinhos. Seus quadrinhos foram inundados com os vilões que seguiam Hitler, sendo combatidos com severidade pelos heróis da DC Comics.

A capa de “Superman” #17, de Jerry Siegel e Joe Shuster, por exemplo, mostra o Homem de Aço segurando Hitler e o General Hideki, o primeiro ministro do Japão pelo colarinho. A partir disso, diversas edições mostraram o herói combatendo soldados nazistas, Hitler e seus aliados, sempre levando a melhor nesses confrontos.

Batman

Além de brincar de tiro ao alvo com os nazistas — junto de Superman e Robin — em Action Comics #9, o herói já utilizou uma suástica para bater nos vilões.

Em “Suástica na Casa Branca”, história presente em Batman #14 de Don Cameron, Batman e Robin precisam enfrentar os nazistas que se infiltraram no governo americano. Os dois são pegos em uma armadilha, mas utilizando a sua engenhosidade — e a própria suástica do grupo como uma arma — eles conseguem prender todos os bandidos.

Mulher-Maravilha

Um dos maiores símbolos de justiça, verdade e igualdade da DC Comics, a Mulher-Maravilha já enfrentou nazistas diversas vezes e nas mais variadas mídias. Na série clássica de 1976, a heroína vivida por Lynda Carter já enfrentava nazistas.

Na cronologia oficial da DC, a heroína também enfrentou os vilões diversas vezes, sendo um desses exemplos a sua luta contra o Capitão Nazi na edição 15 da sua revista solo, assinada por Gail Simone.

Miss América Chavez

Logo na primeira edição de America #1, de Gabby Rivera e Joe Quinones, a heroína Miss América Chavez acaba no passado, dando de cara com Hitler e o Capitão América. Antes que o herói pudesse agir — repetindo a icônica imagem que conhecemos –, América avança e soca o nazista na cara.

Na galeria a seguir, você pode assistir a outros momentos em que super-heróis enfrentaram nazistas.

Por incrível que pareça, não foram apenas os heróis que lutaram contra o nazismo. Até o Coringa, um dos vilões mais insanos dos quadrinhos, também fez frente à ideologia nazi. No crossover “Batman e Capitão América” de John Byrne, o Príncipe Palhaço do Crime se alia ao Caveira Vermelha para enfrentar os vilões, mas ao descobrir que seu parceiro era um nazista, ele o ataca. Certos valores não são negociáveis, não é mesmo?

Super-Heróis