Ou o Hugh Hefner está tentando dar um olé na Apple, agora sem Steve Jobs, ou as regras da Apple sobre nudez estão prestes a ficar mais liberais. Hefner tuitou que um app “sem censura” da Playboy para o iPad chega em março.

O app para iPhone da Playboy foi lançado no final de 2009, com fotos de mulheres em lingerie e trechos de entrevistas, e uma versão para iPad chegou em agosto do ano passado, oferecendo a maior parte da revista, mas sem o principal: nudez.

Hefner tuitou que ele tem “Uma grande notícia! A Playboy, tanto antigas como novas, estarão disponíveis no iPad a partir de março”, seguido da confirmação de que “todas as edições anteriores da Playboy estarão disponíveis para iPad, e edições atuais também”. E caso alguém se pergunte sobre o principal, o velho Hefner disse: “a Playboy no iPad será sem censura”.

É possível que este novo app, se aprovado pela Apple, faça parte da nova onda de apps de assinatura como o jornal The Daily. Mas incluir todas as versões anteriores da Playboy com certeza vai fazer valer a pena o valor da assinatura. Como vimos em novembro, um disco rígido de 250GB com todas as edições passadas da Playboy custava US$300. [@Hughhefner via Cult of Mac]

Crédito da imagem: JerryB/Flickr