Eis um experimento brilhante que você pode fazer em casa, se você tiver uma longa corrente de bolinhas e um recipiente grande o suficiente para guardá-la.

Basta pegar uma das pontas e soltá-la: ela vai arrastar toda a corrente, e logo você a verá se levantando no recipiente como se estivesse desafiando a gravidade.



O truque funciona mesmo se você não tiver uma licenciatura em magia, mas como isso é possível? O pessoal da BBC Earth foi descobrir: mirou uma câmera de alta velocidade no efeito hipnotizante, e pediu a Steve Mould – que postou um vídeo do truque – para explicar por que isso acontece.

Mould diz que isso lembra um jogo de cabo-de-guerra: como a parte externa da corrente é mais pesada que a parte interna que está levantada, ela puxa tudo para fora. Por isso, ela não para de cair. Quanto mais alto estiver o recipiente, mais rápido a corrente cai.

Mas por que ela parece flutuar? Isso tem a ver com a quantidade de movimento. As bolinhas que sobem querem descer, mas devido à velocidade que estão, não podem fazer isso rapidamente – isso exigiria força infinita. Por isso, elas fazem esse movimento de forma devagar, criando um arco acima do recipiente.

Isso, no entanto, não explica por que a corrente também faz movimentos em espiral. Mould diz que isso acontece quando a corrente bate na borda do recipiente: isso cria uma onda que se propaga por ela. Mas, como a corrente não para de se mover, a onda fica “presa” e cria o efeito de espiral.

Mais uma vez, a física tem uma explicação bastante sensata, que não torna isto menos fascinante de assistir. Veja abaixo o vídeo original de Steve, que usa uma corrente de cinco metros com 80.000 bolinhas.