A Nokia conseguiu carregar a bateria de um Lumia 925 usando raios gerados em laboratório. Trata-se de uma colaboração com cientistas da Universidade de Southampton – isto é, pessoas que sabem o que estão fazendo. Não tente repetir isso em casa!

No experimento, a corrente alternada foi intensificada por um transformador de mais de 200 mil volts, o que fez a energia atravessar uma fenda de 30 cm como um flash brilhante de luz. O raio então passou por um segundo transformador, que carregou a bateria do celular “em apenas segundos“.

A moral desta história, então, é que você deveria sair por aí numa tempestade com seu smartphone erguido no ar para recarregá-lo? Não. Isso seria suicídio.

Em vez disso, esta experiência mostra que baterias podem ser carregadas com uma corrente que passa pelo ar, sem precisar de fios. Este pode ser o futuro do carregamento, eliminando a necessidade de deixar nossos dispositivos plugados por horas.

Mas, de repente, aqueles carregadores xing-ling que correm risco de explodir não parecem mais tão perigosos! [Universidade de Southampton via Nokia via Gizmag]