A Samsung deixou o Galaxy Note II maior, porem mais humano, e neste vídeo você pode ver as mudanças que o grande smartphone recebeu.

Um dos detalhes e que você pode segurá-lo  — e usá-lo  — com uma só mão. No vídeo, dá pra notar como e díficil digitar com uma mão, mas a Samsung pensou nisso: com o modo “one-hand operation”, o teclado fica mais estreito e é bem simples alcançar todas as teclas com o polegar. Isto serve para destros e canhotos.

[youtube QaG5Dukig_E 640 360]

Em geral, o Note é bem rapido: você nota isso ao navegar pela interface e usando a câmera, que tira fotos sem lag no obturador, e sem perder o foco (na maioria das vezes). A interface é semelhante a do Galaxy S III, com algumas diferenças. A primeira você já nota nas telas iniciais: uma delas é dedicada à caneta S Pen. É para ela que você vai quando tira a canetinha do aparelho.

Com ela, voce pode fazer anotacoes com o S Note, ou escrever atras de fotos — uma novidade que não achei muito interessante, mas você (ou quem sabe seus familiares!) pode curtir. Você também pode tirar screenshots ao pressionar o botão da caneta e tocar na tela, assim como no Note original.

Ainda há outra novidade, os gestos rápidos,  ativados quando você pressiona a caneta e desliza-a para cima. Há diversas funções que podem ser ativadas — busca no Google, e-mail, ligações — mas o reconhecimento de escrita nem sempre funciona, e mesmo assim os quick gestures se mostram limitados. Por exemplo, você nao pode discar um número apenas escrevendo-o na tela: precisa ser o nome de um contato já guardado na memória.

Esta é uma previa do Samsung Galaxy Note II, que deve chegar ao Brasil em outubro. Você pode ler nosso hands-on clicando aqui.