Um Boeing 747-400 da Virgin Atlantic, que iria de Londres para Las Vegas (EUA), teve que fazer um pouso de emergência no aeroporto de Gatwick – o trem de pouso direito ficou emperrado. Por incrível que pareça, os pilotos conseguiram manter o controle com apenas três dos quatro pares de rodas.

Sem um dos trens de pouso, uma das asas poderia colidir com o chão, assim como as turbinas. O avião fez duas passagens baixas e circulou despejando combustível antes de tentar pousar, seguindo os procedimentos de emergência.

Ao descartar combustível, o avião tenta evitar incêndios que podem acontecer caso a fuselagem entre em atrito com a pista. O querosene é expulso através de duas aberturas nas asas, na forma de pequenas gotas: por ser pulverizado, ele normalmente evapora antes de atingir o solo, sem causar problemas ambientais.

Este vídeo foi gravado dentro do avião: