Os moldes usados ​​para criar as peças de Lego são projetados com extrema precisão, para que os blocos permaneçam conectados apenas pelo atrito.

Mas, com o tempo, as peças de Lego se desgastam com o uso e acabam parando de encaixar umas nas outras. Phillipe Cantin quis saber exatamente quando isso acontece.



Ele construiu uma pequena máquina com Arduino para realizar testes em duas peças de Lego, unindo-as e separando-as várias vezes, até que elas não conseguissem ficar juntas por conta própria.

Depois de dez dias inteiros de teste, descobriu-se o número mágico: 37.112 encaixes, o que é incrível. Claro que esse número varia de peça para peça, mas é bom saber que sua coleção Lego pode aguentar mais tempo do que você provavelmente terá para usá-la na vida. [Phillipe Cantin via Arduino Blog via Make]