Vlogs e afins parecem ser o novo El Dorado da Internet. Tem um monte de gente criando vídeos, um punhado de gosto duvidoso mas ainda assim bastante populares, e ganhando uma grana com isso. Como? Na maioria dos casos, com anúncios no YouTube. O Vimeo, felizmente, aposta em um caminho alternativo.

Os anúncios funcionam em muitos casos e são uma forma legal e, importante, gratuita para o espectador de financiar o trabalho do cara que cria vídeos. Mas aí entra toda a questão de privacidade, “poluição” e outros temas espinhosos sempre presentes quando se fala em rentabilizar a produção online. O Vimeo é conhecido pela sua postura mais intimista, mais artística. Isso se reflete no visual, na qualidade dos profissionais que estão por lá e nas iniciativas, como o Vimeo Festival+Awards.

A última do site é permitir que os espectadores recompensem financeiramente os artistas com uma “gorjeta”. Um botão, colocado na página do vídeo, permite que os visitantes doem a quantia que quiserem para o produto do vídeo. O pagamento pode ser feito com cartão de crédito ou PayPal, e o recurso é restrito a usuários Plus e PRO.

Para breve, o Vimeo implantará também um serviço do tipo Pay-Per-View. Ele funcionará como o mecanismo homônimo das TVs por assinatura, ou seja, você paga um valor pré-determinado pelo produtor do vídeo para poder assisti-lo. Não há muitos detalhes sobre isso ainda, mas o site promete a novidade para breve. [Vimeo]

Introducing Vimeo Tip Jar and more Creator Services from Vimeo Staff on Vimeo.