Os novos elementos de interface que o YouTube apresentou em janeiro para 10% dos usuários viraram padrão para todo mundo no site. Eles colocaram várias coisas novas, mas a ideia principal é deixar o design mais limpo.

O foco está em melhorar a experiência do usuário — e aproveitar para fazer você assistir a mais de um vídeo por visita. Por enquanto eles conseguiram: os 10% que estavam testando o novo YouTube usaram 6% a mais o site.

Algumas das mudanças a gente já sabia: ênfase forte na busca, uma coluna na direita dedicada a sugestões de vídeos, e o fim do sistema de cinco estrelas para dar nota ao vídeo — agora você vota com thumbs up ou thumbs down, como aqui no Gizmodo. Clicar em "Gostar" adiciona o vídeo a uma lista de vídeos, gerando automaticamente uma playlist particular com esses vídeos. (Seus favoritos, no entanto, ficam separados.)

O que há de novo: uma opção de reprodução automática permite que você toque as listas de vídeos sugeridas, bem, automaticamente. A seção de comentários também passou por um redesign. Agora há uma seção separada para os comentários de quem enviou o vídeo, onde o uploader pode conversar com os comentaristas. Os comentários com melhores notas (com mais "thumbs up") serão destacados, e as respostas em vídeo serão integradas no fluxo da conversa.

As mudanças foram muitas, tanto pra quem assiste aos vídeos como para quem os envia. Não só o nome do canal fica destacado acima do vídeo, como ele pode ser modificado ao gosto do uploader. O nome do canal e o botão "Inscrever-se" ficam convenientemente posicionados acima do vídeo, e o seção "Mais informações" fica, de forma bem mais lógica, abaixo do vídeo.

Eu (Felipe) uso o novo YouTube desde que ele foi lançado, e só faria algumas pequenas mudanças para deixá-lo perfeito. Várias pessoas já disseram que não gostaram, assim como um monte de gente detestou o novo Orkut, ou os muitos redesigns do Facebook. Talvez seja questão de se acostumar. O que você achou do novo YouTube? [Youtube Blog Brasil]