Se este planeta inteiro, o sistema solar e a galáxia não tiverem empogação suficiente para você, prepare-se para acelerar muito — cientistas descobriram que você precisa viajar a incríveis 1,9 milhão de km/h para sair da Via Láctea.

Uma equipe de pesquisadores do Instituto de Astrofísica de Leibniz, em Postdam, Alemanha, usou dados do Experimento de Velocidade Radial (RAVE, no original em inglês) para descobrir qual velocidade seria necessária para deixar a nossa galáxia. Analisando o movimento de 90 estrelas de alta velocidade e usando uma série de complexos modelos teóricos da massa calculada da galáxia, eles conseguiram calcular a velocidade com que objetos conseguem sair da Via Láctea.

Os resultados sugerem que uma nave precisaria viajar a 537 km/s (ou 1,9 milhão de km/h ou, ainda, 0,2% da velocidade da luz) para escapar da atração gravitacional da nossa galáxia. Para contextualizar, um foguete precisa de 11,2 km/s, ou 40320 km/h, para fugir da gravidade da Terra.

Impossível? Embora os foguetes atuais jamais consigam esse feito, o astrônomo Joss Bland-Hawthorn explica à New Scientist que existe uma outra maneira:

“Sei que é uma ideia maluca, mas se você tivesse muita matéria e muita antimatéria, seria possível prover energia suficiente para uma nave sair da galáxia.”

Parece um desafio.  [arXiv via New Scientist. Imagem: GSFC]