Eu tenho uma paranoia em guardar todas as trocas de mensagens, gosto de ter o registro sempre disponível. Quando o WhatsApp liberou a opção de backup na nuvem, via Google Drive ou iCloud, fiquei bem contente. Acontece que conforme o tempo vai passando, esse backup pode ficar enorme – principalmente se você armazena fotos e vídeos.

• WhatsApp libera chamadas de voz e vídeo em grupo, igualzinho ao Skype
• De olho no combate às fake news, WhatsApp vai limitar uso do recurso encaminhar

A minha cópia de segurança, por exemplo, chega a 2,4 GB (se eu incluir os vídeos, ficam 3,3 GB). É uma parcela considerável do espaço gratuito de 15 GB no Google Drive. A boa notícia é que a partir de agora o backup do WhatsApp não vai mais contar no armazenamento do serviço do Google.

Se você utiliza o recurso, deve receber em breve um email do Google avisando sobre a novidade. “Os backups do WhatsApp não serão mais contabilizados na cota de armazenamento do Google Drive. No entanto, qualquer backup do WhatsApp sem atualização há mais de um ano será removido automaticamente do armazenamento”, avisa o comunicado.

A nova política valerá para todos os usuários a partir do dia 12 de novembro de 2018, mas alguns usuários podem perceber que o espaço no Drive foi liberado antes disso.

Para evitar surpresas desagradáveis e perda de um backup antigo, o Google recomenda fazer o backup manual das conversas do WhatsApp antes de 30 de outubro de 2018.

Para fazer o backup das conversas no Android, acesse o seu aplicativo, toque sobre o ícone de três pontinhos no canto superior direito > Configurações > Conversas > Backup de conversas > Fazer backup. Se for sua a primeira vez, será preciso escolher a sua conta Google.

Imagem do topo: AP