O WhatsApp oficial para Windows e Mac não é o que você esperava

Se você queria algo que funcionasse de forma independente do smartphone, como fazem Viber e Telegram, esse momento ainda não chegou.

O WhatsApp lançou um aplicativo para computadores, e ele é meio decepcionante. Se você queria algo que funcionasse de forma independente do smartphone, como fazem Viber e Telegram, esse momento ainda não chegou.

Basicamente, o WhatsApp para Windows e OS X é um frame que carrega a versão web. Ou seja, em vez de abrir uma aba no navegador, você instala um aplicativo que ocupa 202 MB de espaço no PC (135 MB no caso do Mac).

Ele funciona exatamente como o WhatsApp Web: o aplicativo pede que você escaneie um QR code com o smartphone, e exige que o aparelho esteja sempre conectado – de preferência a uma rede Wi-Fi, para não gastar sua franquia.

Inicialmente, ele parece consumir menos RAM. No Windows, a aba Processos diz que o WhatsApp Web usa apenas 17 MB:

No entanto, a aba Detalhes mostra que ele usa um total de 250 MB. No Chrome, a aba do WhatsApp Web consome cerca de 200 MB com a mesma conversa aberta.

E claro, se você abrir o WhatsApp no navegador, o aplicativo mostrará essa mensagem:

Na interface, a única mudança é uma barra de menus, e botões de menu que variam de acordo com o sistema: três pontinhos na horizontal (no Windows) e uma seta para baixo (no OS X) – normalmente são três pontos na vertical.

De resto, este é o WhatsApp Web que você conhece há mais de um ano. Na verdade, ao ir em Ajuda > FAQ, você é levado à página de perguntas frequentes sobre o WhatsApp Web. Por algum motivo, o aplicativo não é compatível com o Windows 7, só Windows 8 ou superior (e OS X 10.9 ou superior) – faça o download aqui.

Este parece ser um programa dispensável. Se você quer uma janela separada para o WhatsApp, é possível fazer isso direto no Chrome (menu > Mais ferramentas > Adicionar à área de trabalho…) e, com algum trabalho, também no Firefox.

[WhatsApp Blog via Android Police]

Atualizado às 10h55

Sair da versão mobile