Pô, foi mais de uma semana depois de o RTM vazar no BitTorrent! Isso é uma eternidade. De qualquer maneira, é verdade – o Windows 7 RTM Ultimate foi crackeado usando uma chave de produto OEM da Lenovo.

A chave e o certificado OEM foram extraídos dos arquivos .wim do Win 7 Ultimate. Um método similar foi usado com o Vista, e essas vulnerabilidades nunca foram corrigidas, então não há muita razão para suspeitar que a Microsoft fará algo contra isso  agora (mas não há garantias). Supostamente, o crack funciona com as versões 32-bit e 64-bit do Ultimate e pode ser aplicado em computadores de outras marcas, como HP, Dell e MSI. [Softpedia via Download Squad via Lifehacker]