Esta semana tem sido marcada pela estreia dos consoles de nova geração. O Xbox Series X está entre eles, e parece que seu lançamento foi quente mesmo — literalmente. Isso porque algumas pessoas que já compraram o aparelho disseram que ele pegou fogo e até soltou fumaça pela enorme ventoinha no topo do dispositivo.

Mas é óbvio: tudo leva a crer que não passa de uma notícia falsa. E não, o console não esquenta a ponto de soltar fumaça, nem incendeia sua casa.

Começou com um tuíte de Arek Adamowicz, dono de um Xbox Series X. Em um vídeo publicado para a conta polonesa do Xbox, o usuário mostra o que parece fumaça saindo da parte superior do console depois de apenas alguns minutos ligado. Outro usuário do Twitter, Nick Blanco, publicou um vídeo semelhante.

Bastou apenas algum tempo para outras pessoas suspeitarem que a fumaça em questão é bem parecida com aquela criada por cigarros eletrônicos. De acordo com o Xbox Studio, o efeito de fumaça saindo do Xbox parece ser fácil de fazer, já que o console pega o ar quente de baixo e o empurra para fora. Tudo o que alguém precisa fazer é dar uma tragada no vaporizador, soprá-lo na abertura superior do Series X, e então o ar é puxado para fora pela outra ventoinha.

Mesmo com as acusações de fraude, Adamowicz alega que seu acidente no Xbox não é brincadeira, e ao contrário do vídeo do Xbox Studio postado no Twitter, não vemos ninguém soprando fumaça na parte inferior do console. Em conversa com o Gizmodo, Adamowicz afirma que aconteceu poucos minutos depois de iniciar o aparelho.

Isso não descarta automaticamente a possibilidade de alguma edição de vídeo esperta; a fumaça que sai do console de Adamowicz versus a fumaça que sai do console do Xbox Studio são semelhantes. Em todo o caso, Adamowicz negou ter “trolado” os usuários.

Independentemente se os novos consoles Xbox realmente pegaram fogo, a Microsoft está investigando o problema. “Levamos todos os relatórios de segurança a sério e nossos produtos atendem ou excedem os padrões da indústria. Estamos investigando mais profundamente”, disse um porta-voz da Microsoft ao Gizmodo.

No mesmo dia, a conta oficial do Xbox no Twitter comentou o caso, dizendo: “Não acredito que temos que falar isso, mas por favor não jogue fumaça do seu vaporizador em seu Xbox Series X.”

Em alguns testes aqui no site, descobrimos que o Xbox Series X expeliu muito calor dos furinhos na parte de cima: até 46 graus Celsius após várias horas de jogo. Contudo, essa não é uma temperatura quente o suficiente para colocar fogo nos componentes. O Digital Foundry mediu um consumo de energia de pico de 211 W, que é muito menor do que a fonte de alimentação de 315 W do console, e foi registrada um pico de 62 graus Celsius na temperatura interna.

Essas temperaturas e esse consumo de energia não fariam com que o Xbox Series X pegasse fogo, a menos que algo estivesse seriamente comprometido com a fiação ou os próprios componentes. Dado que este não é um problema generalizado no momento, se você tem um Xbox Series X, parece que não há nada com que se preocupar. Mas se o seu Série X começar a soltar fumaça (o que dificilmente deve acontecer), desligue-o imediatamente.