A Xiaomi tem trabalhado bastante com displays. Primeiro, eles demonstraram uma tela dobrável e agora anunciaram um smartphone cuja parte frontal é praticamente só tela. O Mi Mix tem display de 6,4 polegadas que ocupa 91,3% da parte frontal.

• Xiaomi Mi 5s tem câmera de 12 UltraPixels e leitor de digitais por ultrassom
• Esta tela dobrável da Xiaomi parece funcionar muito bem

Projetado pelo designer francês Philippe Starck, o celular é construído em cerâmica e muitos componentes foram deslocados ou substituídos. O sensor de proximidade, por exemplo, deu lugar a um sensor ultrassom e a câmera frontal foi para a parte inferior. O alto-falante conta com efeito piezoelétrico, que utiliza a borda de metal para gerar som.

O modelo, inclusive, se parece bastante com o protótipo apresentado pela Sharp, que tem tela curva nas bordas e cantos arredondados num design quase sem moldura. A companhia japonesa utiliza a tecnologia Free Form Display, que permite “recortar” painéis IGZO LCD em diferentes formatos.

Mi MIX_01

O Mi Mix tem processador Snapdragon 821, 4 GB de memória RAM LPDDR4, 128 GB de armazenamento, câmera traseira de 16 megapixels, câmera frontal de 5 megapixels e bateria de 4.400 mAh. Haverá também uma versão com 6 GB de RAM e 256 GB de armazenamento.

Ele conta ainda com sensor de impressão digital e suporta dois chips. Embora a tela seja enorme, suas dimensões são bem parecidas com a do iPhone 7 Plus, que conta com display de 5,5″. O modelo da Xiaomi tem 158,8 mm x 81,9 mm x 7,9 mm e pesa 209 gramas.

A fabricante anunciou o aparelho como um smartphone conceito, mas vídeos de hands-on do Mi Mix já começaram a aparecer no YouTube:

A Xiaomi pretende começar a vendê-lo na China no dia 4 de novembro, custando cerca de R$ 1.800 em conversão direta.

[Xiaomi via The Verge]