Nesta terça-feira (21), a Xiaomi anunciou a volta oficial ao mercado brasileiro. Apesar da parceria com a DL, que fará toda a questão de distribuição, a empresa chinesa inaugurará uma loja oficial e um e-commerce.

A loja ficará no shopping Ibirapuera em São Paulo e tem inauguração marcada para o dia 1º de junho. Lá, estarão expostos os produtos que a companhia deve comercializar no país.

A empresa também terá um e-commerce próprio sob o domínio mi.com, mas informações adicionais serão compartilhadas posteriormente. Enquanto isso, os interessados poderão comprar em varejistas online, como MagazineLuiza, Lojas Pernambucanas e Ricardo Eletro.

Patinete da XiaomiPatinetes da Xiaomi deverão ser vendidos em loja oficial; já a bike, não sabemos ainda. Crédito: Guilherme Tagiaroli/Gizmodo Brasil

No evento de anúncio, além dos smartphones, a empresa disse que trará vários dispositivos da marca para o Brasil. Aqui no evento, por exemplo, deu para ver MiBands, relógios Amazfit, patinete elétrico, lâmpada de cabeceira, mochilas e os set-top-box MiBox.

Xiaomi Mi Band 3As MiBands chegarão ao mercado brasileiro de forma oficial. Crédito: Divulgação

Outro detalhe importante dessa volta ao Brasil é a questão da assistência técnica. Apenas aparelhos comprados nos meios oficiais (portanto, não valem marketplaces) terão suporte oficial da companhia chinesa, que será feito localmente pela mineira DL.

A Xiaomi volta ao Brasil após deixar o país de fininho no 1º semestre de 2016. Enquanto isso, a empresa estreou em vários mercados da região, como o colombiano e o mexicano. Resta saber se a marca conseguirá romper a bolha de usuários que já conhecem a empresa e costumam importar produtos da companhia chinesa.