Achava que era impossível superar a imagem do eclipse de Saturno tirada pela sonda Cassini em 15 de setembro de 2006, mas eu estava errado. Esta, tirada em 19 de julho de 2013, é ainda mais impressionante – as sombras e destaques, a aura, os detalhes e gradientes requintados. Uma verdadeira obra de arte da fotografia planetária.

Ela foi tirada no dia em que o pessoal na Terra foi orientado a dizer oi para Cassini enquanto ela tirava a foto. Eis a descrição da NASA para esta foto com cores naturais, que mostra cerca de 651.591 quilômetros entre a esquerda e a direita:

Com os raios poderosos e potencialmente prejudiciais do Sol eclipsando Saturno, as câmeras a bordo da Cassini conseguiram se aproveitar desta geometria visual única. Elas conseguiram um mosaico panorâmico do sistema de Saturno que permite aos cientistas observarem detalhes dos anéis e através do sistema conforme ele é retroiluminado pelo Sol. Este mosaico é especial já que marca a terceira vez que nosso planeta foi fotografado a partir de outro planeta do sistema solar, a segunda vez pela Cassini na órbita de Saturno, e a primeira vez em que os habitantes da Terra foram informados com antecedência de que a foto seria tirada de uma grande distância.

Com suas câmeras miradas em Saturno, a Cassini conseguiu capturar 323 imagens em apenas quatro horas. O mosaico final usa 141 das imagens de grande angular.

Eis a imagem em resolução 4000px (você pode baixar ela em 800px aqui).

original (18)

Clique aqui para expandir esta e observe a posição dos planetas e luas que aparecem na imagem.

original (19)