Quando você ouve que algo está cheio de antioxidantes, a conclusão mental frequentemente é: “é isso aí! Esse é o elixir da vida, preciso comer muito disso”. Mas por que todos nós presumimos que encher um alimento de antioxidantes vai, de alguma forma, ser a chave para a juventude infinita?

Nos últimos dias, veículos de comunicação noticiaram um novo estudo que alegava que cogumelos podem ajudar a combater o envelhecimento.  Como você deve saber, a única maneira verdadeira de se parar de envelhecer é morrer. Mas ninguém comeu cogumelo algum para esse estudo. Em vez disso, os pesquisadores estavam discutindo a tão falada molécula antioxidante.

Mas, primeiro, vamos discutir o estudo. Os pesquisados meramente mediram os níveis de duas moléculas, a glutationa e a ergotioneína, e descobriram que alguns cogumelos tinham mais dessas moléculas do que outros. Não houve um teste clínico ou uma pesquisa sobre a longevidade das pessoas depois de consumirem tais cogumelos. Foi apenas uma análise química.

Porém, a glutationa e a ergotioneína calham de se encaixar na classe de moléculas antioxidantes. O que significou que os veículos de imprensa se apressaram em chamar os cogumelos de elixires antienvelhecimento. Mas os antioxidantes não são algo sobre o qual se precisa ser gritado por aí.

Antes de tudo, o que eles são? O seu corpo produz uma certa quantidade de moléculas ladras de elétron chamadas radicais livres, que podem, potencialmente, danificar o DNA e as células. Elas usam antioxidantes para se proteger contra os efeitos desses radicais livres — “antioxidante” significa, literalmente, “que não oxida”, sendo a oxidação a palavra química para a perda de elétrons. Existem centenas de tipos diferentes de antioxidantes, de acordo com uma folha de dicas da Universidade Harvard.

Testes clínicos sobre os benefícios de moléculas antioxidantes singulares, como a Vitamina E e outras, produziram resultados distintos. Elas parecem ajudar contra a degeneração macular, mas não existe prova conclusiva demonstrando seus benefícios para afastar doenças do coração, AVCs ou câncer.

Isso não significa que antioxidantes são ruins. A questão é apenas que não importa se os cogumelos têm maiores quantidades de dois antioxidantes específicos. Em vez disso, é melhor focar nas moléculas em seu habitat natural, como parte de uma dieta balanceada com várias frutas, vegetais e até mesmo cogumelos. Porque comer mais cogumelos para evitar o envelhecimento é um conselho muito ruim.

[Food Chemistry]

Imagem do topo: Wikimedia