Ontem nós falamos sobre o aumento de vendas do iPhone no país, mas como sua participação no mercado caiu. Empolgados, todos pensamos: “olha o efeito do Android aí, gente!”. Pois bem, nós estávamos errados. A IDC anunciou hoje um aumento de 15% da participação do Windows Mobile no mercado de smartphones no Brasil.

Os dados, divulgados pela própria Microsoft, mostram um esmagador crescimento do sistema operacional no país. No último trimestre de 2009, apenas 15% dos brasileiros que tinham telefones espertos usavam WinMo. No primeiro trimestre de 2010, o número saltou para 33%. Isso mesmo, meus caros, depois das promoções de Natal, a cada três smartphones espalhados por esse vasto país, um deles carrega alguma versão do Windows Mobile no software. Isso nos rende a medalha de prata na disputa de países que mais usam o SO, atrás apenas da Coreia.

Ou seja, mesmo com o Windows Mobile 6.1 e 6.5 bem defasados, clamando por uma reinvenção – que só chegará no fim do ano com o Windows Mobile 7 – a Microsoft abocanhou mais mercado do que sistemas mais atuais e completos, como o Android e o iPhone OS, por exemplo. Se o Android começa a chegar por aqui com preços ainda altos e poucos aparelhos em promoções realmente interessantes e o iPhone continua custando os olhos da cara, smartphones mais em conta costumam carregar o WinMo, perfeitos para usuários que não pensam muito no sistema que usarão. Fora do ainda pequeno mundo de maníacos por celulares como nós, o Windows Mobile continua fazendo muito sucesso. [IDG Now!]