Se você perdeu a chance de andar de helicóptero em São Paulo por um preço mais “acessível” durante o período em que o UberCopter funcionou por aqui, surge uma nova oportunidade: o CabiFly. Uma das principais concorrentes do Uber, a Cabify, anunciou nesta terça-feira (1) a sua parceria com a Voom e passa a oferecer a opção para voar pelo céu da capital paulista e fugir do trânsito – ou quase isso.

• Você pode fazer viagens de helicóptero em São Paulo usando o Uber
• Aplicativo Cabify se une à brasileira Easy para ampliar mercado na América Latina

A Voom é uma empresa de transporte aéreo que faz parte da área de inovação da Airbus. Com essa parceria, os usuários que agendarem viagens irão até o local de embarque com o carro da Cabify. Ao chegar no heliponto de destino, um outro carro pode levar o cliente até seu compromisso final. No aplicativo do serviço de corridas particulares, selecionar a opção CabiFly leva o usuário à página de agendamento da Voom.

As viagens podem ser solicitadas entre 7 dias e 60 minutos de antecedência e chegam a custar 80% menos que o táxi aéreo tradicional. Elas estão disponíveis de segunda a sábado, das 7h às 20h. Simulei uma viagem partindo do Blue Tree Faria Lima até o Aeroporto de Congonhas e, segundo o site da Voozer, me custaria R$ 287,60. A viagem duraria 7 minutos. O número de bagagens de mão (até duas) e de bagagens despachadas (até uma) não alteram o valor final. Para ir de carro, o trajeto custa R$ 27 e a viagem demora entre 15 a 30 minutos, de acordo com estimativas do Google Maps.

cabiflyImagem: Captura de Tela

Consultei também o preço de uma viagem partindo do Blue Tree Faria Lima até o Aeroporto de Guarulhos, um voo que tem duração média de 15 minutos, e o preço foi bem salgado: R$ 492. Para efeito de comparação, esse mesmo trajeto no UberCopter custava R$ 271. Para quem preferir ir de carro, esse percurso de Cabify Lite custa R$ 87,70 – mas a viagem demora entre uma e duas horas, dependendo do trânsito.

Para a primeira viagem pela Voozer, o Cabify oferece um cupom de desconto de R$ 150, inserindo o código “cabify”.

Pedro Rivas, diretor global de Novos Negócios da Cabify, disse à Infomoney que a cidade de São Paulo foi escolhida para a estreia mundial do serviço por ser “a melhor cidade do mundo para operações de helicópteros”, além da enorme importância do Brasil para a empresa espanhola.

Imagem do topo: Alessandro Junior/Gizmodo